Símbolo da autonomia municipal e local onde, entre outros aspetos, se aplicava a justiça, com exceção da pena capital. Este monumento, erguido em 1957 no local onde se julga ter-se situado o pelourinho original, permanece como o símbolo do período em que Montargil foi sede de concelho, entre o século XIV e 1855.

A origem do edifício atual remonta, pelo menos, a finais do século XVI, embora tenha sofrido importantes obras nos séculos XVIII e XX. Apresenta planta em cruz latina e uma só nave, destacando-se no seu interior, do ponto de vista artístico, a Capela do Senhor dos Passos, em estilo rocaille. O orago deste templo é Santo Ildefonso, Arcebispo de Toledo. No largo lateral à Igreja está presente um cruzeiro, construído em granito, tendo sido erguido para comemorar o ano santo de 1950, enquanto na parede da sacristia sobressai uma janela de ferro forjado datada do século XVII. Nas traseiras da atual Igreja funcionou, até ao início do século XX, uma prisão que, após o seu desmantelamento, foi anexada ao templo.

Edifício de frontão triangular, planta retangular, de uma só nave e capela-mor, com pinturas populares nas paredes laterais e teto, é dedicado ao apóstolo São Pedro, primeiro Papa e um dos fundadores da Igreja Católica.

Mapa de Ponte de Sor