A Santa Casa da Misericórdia de Montargil data de 1575, tendo a respetiva igreja começado a ser construída de imediato. O edifício original data, pois, de finais do século XVI, embora tenha beneficiado de várias obras ao longo dos séculos XVII, XVIII e XIX, tendo o interior sido alvo de uma intervenção de conservação e restauro na década de 1990.

Edifício de dimensões exíguas e planta bastante simples, datado provavelmente do século XIX. No exterior, portal de linhas retas, enquadrado por duas pilastras, e frontão contracurvado, encimado por uma cruz metálica e decorado por acrotérios em alvenaria de formato cónico, nas extremidades laterais.

Começou a ser construída em 1887, face à ruína da antiga Igreja Matriz, e foi inaugurada em 1903. O projeto é da autoria do arquiteto Ângelo Coelho. A capela-mor sofreu uma ampliação em 1942 e o mais recente restauro data de 2003, ano da comemoração do centenário do edifício. Trata-se de uma obra de cariz neogótico, cuja fachada é marcada pela torre do campanário, que termina em coruchéu octogonal.